Eixos Temáticos

O CBIS 2020 está organizado em seis principais eixos, que refletem o panorama de pesquisa e prática desta área de Informática em Saúde, desde genôma e medicina de precisão ao estudo de populações e saúde global.

Os autores devem obrigatoriamente selecionar um eixo temático para a submissão do seu trabalho. Cada eixo engloba uma lista não exaustiva que define o escopo da submissão.

 
1. Informática Translacional

Trata do desenvolvimento de métodos de armazenamento, análise e processamento de grande volume de dados sobre genoma e outros dados clínicos, para uso em saúde proativa, preditiva, preventiva e participativa. Inclui a pesquisa sobre o desenvolvimento de novas técnicas para a integração de dados biológicos e clínicos e a evolução da metodologia da informática clínica para englobar observações biológicas, produzir conhecimento integrativo para cientistas biomédicos, profissionais de saúde e pacientes, apoiar a medicina de precisão e otimizar os recursos disponíveis para a saúde. Trata, ainda, do uso da informática na descoberta e gestão de novos conhecimentos relacionados à saúde e a doenças. Inclui o gerenciamento de informações relacionadas a ensaios clínicos e ao uso de dados secundários. Resultados relacionados aos estudos e qualidade de dados fundamentam o desenvolvimento. implementação e manutenção de sistemas clínicos de ponta, incluindo registros eletrônicos de saúde, suporte à decisão clínica e o registro do desfecho do atendimento, garantindo a segurança e resultados significativos para o paciente.

A lista não exaustiva de temas inclui:

  • Biologia Computacional
  • Informática em Pesquisa Clínica
  • Uso secundário de dados em saúde
  • Modelagem de sistemas para pesquisa clínica
  • Sistemas para recrutamento e acompanhamento de ensaios clínicos
  • Protocolos clínicos em Registros Eletrônicos
  • Genômica
  • Modelo Computacional em Biologia Clínica
  • Bioinformática
  • Análise de Grande Volume de dados Biológicos
  • Mineração de dados biológicos
  • Processamento de Linguagem Natural
  • Ciência da Informação
  • Modelos de visualização de dados biológicos
  • Farmacogenética
  • Medicina de Precisão
  • Ética/Bioética
  • Modelagem de Grande Volumes de Dados de Saúde (DW, Data Lake)

 
2. Informática Clínica

É o uso da tecnologia da informação e comunicação no atendimento em saúde, suporte à decisão clínica, imagens médicas digitais, documentação clínica, prescrição, projeto e implantação de sistemas clínicos, estudo de casos e uso de dados e tecnologia da informação para prestar serviços de saúde e melhorar a capacidade dos pacientes em monitorar e manter sua própria saúde. Inclui métodos para coletar, armazenar e analisar dados de cuidados de saúde, estudo das necessidades de informação e dos processos cognitivos e modelos para atender a essas necessidades. Pressupõe o uso de métodos para apoiar decisões clínicas, abrangendo o resumo do atendimento e o sumário de alta, visualização das informações, fornecimento de evidências e suporte a decisões, otimizando o fluxo de informações e de forma coordenada com o trabalho dos profissionais de saúde, para maximizar a segurança do paciente e a qualidade do atendimento. Compreende também os métodos e políticas para uso da informação clínica, incluindo privacidade e segurança

A lista não exaustiva de temas inclui:

  • Prontuário Eletrônico
  • Registro Eletrônico de Saúde
  • Robótica e Realidade Virtual Aplicadas ao Cuidado em Saúde
  • Computação Gráfica e Processamento de Sinais e Imagens em Saúde
  • Sistemas de Apoio à Decisão Clínica
  • Sistemas de Prescrição Eletrônica
  • Sistemas de apoio ao Cuidado
  • Sistemas de Gestão Administrativa
  • Sistemas de Gerenciamento de assistência ao Paciente Crônico
  • Protocolos e Guidelines Clínicos
  • Informática Clínica
  • Sistemas de Informação Clínica
  • Registros Pessoais de Saúde
  • Avaliação de Sistemas Clínicos
  • Interação Homem-Computador/usabilidade
  • Aspectos Legais, Éticos e Regulatórios
  • Segurança do Paciente
  • Privacidade e Confidencialidade

 
3. Infoestrutura, Interoperabilidade e Integração

Este eixo trata dos métodos para desenvolver, testar e implementar sistemas de captura, registro, compartilhamento e integração de dados clínicos, com ênfase no uso de padrões para modelos computacionais, estruturas e formatos de dados, conjuntos mínimos de dados, terminologias e estruturas de mensagens que viabilizem a troca ética e segura de dados de saúde entre sistemas heterogêneos para atender às necessidades da saúde, como a continuidade da atenção, o acompanhamento integral do paciente, e a gestão de saúde populacional a partir de dados clínicos individualizados

A lista não exaustiva de temas inclui:

  • Padrões para a Troca de Informações em Saúde
  • Recursos Terminológicos, Ontologias e Vocabulários
  • Interoperabilidade entre Sistemas de Informação em Saúde
  • Modelagem da Informação em Saúde
  • Representação e Gestão do Conhecimento
  • Governança de Dados em Saúde
  • Governança de Sistemas de Informação em Saúde
  • Segurança e Privacidade
  • Modelos de integração no ecossistema de saúde

 
4. Saúde Digital, Global e Mobilidade

A Saúde não se restringe aos profissionais de saúde e governo. O usuário de serviços de saúde é o ator fundamental e foco central da Saúde. O avanço da tecnologia possibilitou que os serviços digitais sejam, hoje, centrados no usuário e sejam desenvolvidos a partir do olhar, desejos e necessidade do cidadão. A Saúde Digital, entendida como área de conhecimento e prática, tem como foco o uso das tecnologias digitais para atender as necessidades de pacientes, cuidadores, cidadãos, gestores e profissionais de saúde. Idealmente, a Saúde Digital combina o amplo potencial da tecnologia, as necessidades da Saúde e o comportamento, expectativas, habilidades e interesses do usuário dos serviços de saúde, em benefício de todos. Esta não é uma tarefa simples, principalmente pela diversidade de atores, interesses, culturas, práticas e comportamentos. Ela envolve, por exemplo, entender a perspectiva e a experiência do paciente, promovendo seu engajamento, consolidando a cultura de participação para o autocuidado e bem-estar. Para tanto, é importante a colaboração de todas as disciplinas envolvidas como informática na enfermagem, saúde pública e populacional, promoção da saúde, educação em saúde, ciência da informação e ciência da comunicação. O conceito de Saúde Digital coberto por este eixo, inclui as atividades relacionadas com a Saúde Móvel e, como sua extensão, Saúde Global.

A lista não exaustiva de temas inclui:

  • Saúde Digital
  • Saúde Global
  • Saúde Móvel
  • Saúde Personalizada
  • Mídia Social e Saúde Conectada
  • Telessaúde
  • Simulação de Sistemas Complexos
  • Aplicações em Dispositivos Móveis para Educação em Saúde e Autocuidado
  • Biodispositivos, Sensores e Atuadores
  • Experiência do Paciente
  • Engajamento do Paciente
  • Adoção e Análise de Aceitação e Uso pelos Consumidores
  • Realidade Virtual, Simulação e Robótica
  • eHealth Literacy (Letramento Digital e de Saúde)
  • Ética
  • Modelos de visualização de dados para cidadãos e profissionais de saúde
  • Inteligência Artificial aplicada à Saúde Digital
  • Jogos e outras soluções em Saúde Digital

 
5. Educação, Treinamento e Formação Profissional

Educação é um termo que se refere ao aperfeiçoamento, ao conhecimento e à prática, promovendo interação entre pares para construir o conhecimento significativo, em busca da sabedoria. Educação e formação profissional são a base de crescimento e desenvolvimento desta área de conhecimento e da Informática Biomédica e em Saúde. O desenvolvimento de um conjunto relevante de iniciativas, sistemas, serviços para a ampla utilização da Informática em Saúde em benefício de cidadãos, profissionais e gestores de saúde, a construção de sistemas nacionais de registro eletrônico, o fortalecimento da informática clínica, da bioinformática e da Saúde Digital só acontecem com a formação de profissionais capacitados, com as competências e as habilidades necessárias promover inovação que sustente o empreendedorismo. Este eixo aborda as iniciativas, experiências e práticas para melhorar e consolidar a educação, o treinamento e a formação profissional em Informática em Saúde.

A lista não exaustiva de temas inclui:

  • Informática em Educação Profissional de Saúde
  • Residência Médica e Multiprofissional
  • Tecnologia da Informação na Educação do Profissional de Saúde
  • Ensino de Informática em Saúde como Disciplina
  • Formação de Mestres e Doutores
  • Formação de Recursos Humanos
  • O Informata em Saúde como Profissão
  • Perfil do profissional de saúde na Era Digital
  • Educação Digital do Profissional de Saúde
  • Ética na Informática em Saúde
  • Jogos e outras soluções digitais em Educação em Saúde

 
6. Organização, Gestão, Avaliação e Impacto Social da Informática em Saúde e da Saúde Digital

A Saúde Digital vem transformando os serviços de saúde em todo o mundo. A saúde está intimamente associada à informação e vem utilizando conhecimento e tecnologia para viabilizar mecanismos inovadores, efetivos, eficazes e eficientes que ampliam o alcance e aumentam a qualidade, a resolutividade dos diversos aspectos da atenção à saúde. A experiência internacional é vasta. Países como Austrália, Estados Unidos, Inglaterra, Escócia, Canadá, Dinamarca e Suécia investem em infra e info estrutura, sistemas, serviços, recursos humanos e modelos de organização para aproveitar ao máximo os benefícios da Saúde Digital. Em 2013, a Assembleia Geral da OMS (Organização Mundial de Saúde) aprovou uma resolução para que os países definissem estratégias para a Saúde Digital com base nos padrões de interoperabilidade. Hoje, a OMS desenvolve esforços para a elaboração de uma Estratégia Global de Saúde Digital, por entender a necessidade de organizar as iniciativas de forma colaborativa entre países, organizações públicas e privadas, e centros de ensino e pesquisa, entre tantos outros. Os avanços mais significativos e consolidados, no mundo, estão associados a modelos robustos de governança   e   gestão   das   iniciativas   de Saúde Digital   em   países com modelos de   cobertura semelhantes ao SUS, como é o caso do Canadá, da Austrália e do Reino Unido.

Este eixo cobre iniciativas e quaisquer dos aspectos relacionados à concepção, desenvolvimento, implantação, monitoramento e avaliação de iniciativas de Saúde Digital em regiões, cidades, grandes organizações, ou ambientes complexos de uma forma geral, e tem como dimensões essenciais aquelas propostas pelo National eHealth Strategy Toolkit da OMS, também utilizadas no documento Estratégia e-Saúde do MS, publicado em 2017. Estas dimensões são: a) Liderança e Governança; b) Estratégia e Investimento; c) Legislação, Políticas e Regulação; d) Recursos Humanos; e) Sistemas e Serviços; f) Padrões e Interoperabilidade e g) Infraestrutura.

A lista não exaustiva de temas inclui:

  • Política Nacional de Informática em Saúde
  • Políticas Públicas para Saúde com apoio da Informática
  • Estratégia de Saúde Digital para o Brasil
  • Governança de Sistemas de Informação em Saúde
  • Financiamento e Valorização de P&D em Informática em Saúde
  • Dados Abertos em Saúde
  • Avaliação de Tecnologias em Saúde e Telessaúde
  • Desafios para Implementação de Sistemas Clínicos
  • Modelos de Ecossistema de Saúde
  • Indicadores de Saúde: Painéis de Monitoramento, Salas de Situação e Controle de Epidemias
  • Sistemas de Informação na Saúde Pública
  • Modelos de visualização de dados para tomadores de decisão em saúde
  • Ética e Legislação
  • Acesso à Informação e ao Conhecimento de Saúde pelo Cidadão e pela População

 


Patrocínio Diamante
 

Logo Inovadora

 

  


Patrocínio Ouro
 

Logo MV                Logo Veus

   

   

Logo Unimed                     Logo UnimedCentralRS

 

 

  


Patrocínio Prata
 

Logo Online

 

  

  


Patrocínio Bronze

  

Logo Certisign                 Logo HDPO                 Logo Medicina Direta

 
 

Logo Prontmed                 Logo Protegon

  
  

Logo Salux                 Logo Signove

  

   

  


Apoio
 

Logo ABCIS          Logo ABSS          Logo ABTms          Logo ANCD

  

Logo HL7 Brasil site          Logo RNP         Logo Rute          Logo SBC          Logo TelessaudeRS

 

Logo SBPCML             Logo Cetic br